Unidade de Gestão e Formação

Procure seu curso:

Pós-Graduação

Extensão

Presencial | A Distância

0300 10 10 10 1
Busca Rápida

Como combater a Obesidade Infantil?

16/01/2013

Como combater a Obesidade Infantil?

A obesidade infantil vem afetando cada vez mais crianças, com maior incidência em países como: Austrália, Estados Unidos e Reino Unido.

No Brasil estima-se que a obesidade atinge 10% das crianças e 20% dos adolescentes brasileiros. Esse número vem aumentando gradativamente.

Hábitos alimentares e atividades físicas são fatores que influenciam intimamente a obesidade, assim como fatores: biológicos, psicológicos e comportamentais.

Má formação do esqueleto, diabetes, colesterol alto e problemas cardíacos também são problemas decorrentes ao excesso de peso.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, por volta dos anos 80, às crianças representavam apenas 3% dos obesos, atualmente esse número passou para mais de 15%, ou seja, alguns fatores implicaram diretamente para esse aumento como o aumento do sedentarismo e o maior consumo de alimentos industrializados, a base de frituras e congelados.

Os pais têm o papel de estimular as crianças a se exercitarem e propiciar uma dieta saudável e balanceada aos pequenos, porém muitos estudos apontam que crianças cujos pais são obesos contam com aproximadamente 80% de chances de desenvolver a obesidade, quando nenhum dos pais é obeso as chances caem para 15%.

Por isso os pais devem participar da reeducação alimentar dos filhos.

Preparamos algumas dicas para combater a obesidade infantil:
- Adoção de uma dieta equilibrada;
- Estabelecimento de horários para as refeições;
- Estimular as crianças comerem devagar e em pouca quantidade;
- Oferecer alimentos de melhor qualidade nutricional;
- Distinguir as refeições de outras atividades.

Muitos especialistas ressaltam que os alimentos nunca devem ser usados como recompensa, e a disciplina alimentar poderá ser flexível nos finais de semana ou em ocasiões especiais, porém cabe aos pais oferecer alimentos menos calóricos e procurar ressaltar os alimentos que a criança pode consumir.

Não basta apenas cuidar da alimentação, a prática de exercícios físicos é um importante fator que favorecerá a prevenção ou a perda de peso e acresce bem estar e aumento da autoestima.




» Todas as notícias

Cursos Relacionados



Notícias Relacionadas






Cursos por Cidade






Nuvem de Tags

Gama Social - Redes Sociais Phorte TV
Unidade de Gestão e Formação |
| .Contato: academico@posugf.com.br