Unidade de Gestão e Formação

Procure seu curso:

Pós-Graduação

Extensão

Presencial | A Distância

0300 10 10 10 1
Busca Rápida

Medicina: Carreira tem taxa zero de desemprego. É necessário muito estudo, vocação e espírito solidário.

02/08/2011

Medicina: Carreira tem taxa zero de desemprego

É necessário muito estudo, vocação e espírito solidário

Medicina é uma carreira que tem taxa zero de desemprego, mas em contrapartida, é necessário passar por um vestibular concorrido, principalmente nas universidades públicas, para ingressar na faculdade. 

O mercado tem uma alta demanda em todas as áreas. No Brasil estima-se que haja 350 mil médicos, quando deveriam existir 500 mil.

 Esse déficit pode ser verificado na assistência básica, nos programas de saúde da família, nas periferias e nas cidades do interior do país. Os profissionais especializados em emergência, terapia intensiva, especialidades cirúrgicas e de alta complexidade também estão em falta no mercado. 

Carreira

Para seguir a gloriosa carreira da medicina, ter persistência é uma virtude, já que a graduação sozinha não é suficiente para o pleno exercício da profissão. É necessário de nove a onze anos de estudo para se tornar um médico especialista. O profissional tem que ter vocação, pois a profissão é desgastante, além de desenvolver espírito solidário e vontade de ajudar a pessoas.

Graduação

O curso de medicina tem duração de seis anos. Durante os dois primeiros são estudadas as matérias básicas como anatomia, biologia, bioquímica, entre outras. Nos dois seguintes há matérias práticas como disciplinas clínicas e cirúrgicas e nos anos finais há o curso prático que ocorre dentro dos hospitais universitários.

Ao término, o estudante pode optar por fazer uma especialização ou uma pós-graduação lato sensu. A especialização dura no mínimo dois anos com uma carga horária de 60 horas semanais, é totalmente prática e realizada em um hospital público. 

Durante o período de residência, o estudante recebe cerca de R$ 2.200 por mês referente à bolsa do Ministério da Educação. A partir do segundo ano, os médicos podem dar plantões extras fora do hospital, o que possibilita um ganho de até R$ 5.000. 

Especialização

Para quem pensa em realizar uma de pós-graduação, a UGF oferece cursos na área da Medicina, abordando temas atuais e que farão com que o aluno tenha um diferencial em relação aos demais profissionais. As aulas são ministradas por professores altamente qualificados no cenário acadêmico nacional.




» Todas as notícias

Cursos Relacionados



Notícias Relacionadas






Cursos por Cidade






Nuvem de Tags

Gama Social - Redes Sociais Phorte TV
Unidade de Gestão e Formação |
| .Contato: academico@posugf.com.br