Unidade de Gestão e Formação

Procure seu curso:

Pós-Graduação

Extensão

Presencial | A Distância

0300 10 10 10 1
Busca Rápida

Estudos ligam Radicais Livres à Obesidade

30/09/2011

Estudos ligam Radicais Livres à Obesidade

Pesquisa revela que elevação dos níveis da molécula suprime o apetite, mas podem acelerar o envelhecimento

Pesquisadores da cidade da Yale, nos Estados Unidos, descobriram que mecanismos moleculares que atuam no controle de radicais livres são a base do aumento do apetite na obesidade causada por uma má dieta, ou seja, engordar por comer muito.

Historicamente os radicais livres são moléculas ligadas ao envelhecimento e por causar danos aos tecidos, mas recentemente pesquisas divergiram sobre o seu real papel. No caso, foi demonstrado que essas moléculas são importantes para o ritmo cardíaco, para os movimentos musculares e podem até ter efeito antienvelhecimento.

Os cientistas estudavam circuitos cerebrais que controlam a fome e a saciedade e constataram que a elevação dos níveis de radicais livres no hipotálamo suprime, direta ou indiretamente, o apetite em camudongos obesos ativando a melanocortina, um neurônio que sinaliza a saciedade.

Prós e Contras dos Radicais Livres

Para Tamas Horvath, um dos autores da pesquisa, o ser humano deve ter essas moléculas de sinalização crítica, mas por outro lado, se exposto cronicamente a elas, os radicais livres podem danificar as células e acelerar o envelhecimento.

Sabrina Diano, coautora do trabalho acrescenta: "é por isso que, em resposta a uma superalimentação contínua, um mecanismo celular entra em ação para suprimir a geração desses radicais livres".

Sabrina ainda completa que enquanto esse mecanismo supressor de radicais livres protege as células contra danos, este mesmo processo irá diminuir sua capacidade de se sentir satisfeito após a refeição.

Para Tamas e Sabrina, a dificuldade em se desenvolver estratégias eficazes para combater a obesidade sem efeitos colaterais importantes se deve ao papel crucial dos radicais livres em promover a saciedade, bem como os processos de degeneração associados ao envelhecimento.

Os pesquisadores ainda têm dúvidas quanto a criação de uma terapia anti-obesidade, uma vez que se for comprovada a teoria de que os radicais livres realmente aceleram o envelhecimento, seria trocar a obesidade pelo envelhecimento.




» Todas as notícias

Notícias Relacionadas






Cursos por Cidade






Nuvem de Tags

Gama Social - Redes Sociais Phorte TV
Unidade de Gestão e Formação |
| .Contato: academico@posugf.com.br